Falha no sistema do Digg? Depende do ponto de vista

Segundo este post, um dos sites mais famosos da chamada “web 2.0”, o Digg possui algumas falhas sérias em seu modelo de operação.

A principal delas seria que esse modelo pelo qual os sites “sociais” operam, de “sabedoria popular”, não funciona para questões qualitativas e sim apenas para questões quantitativas. Se você pegar várias pessoas e mandar que elas estimem a quatindade de bolas dentro de uma jarra, é certo que quanto maior o número de pessoas a média de “chutes” ficará mais próxima do número real de bolas. Já com matérias qualitativas, como beleza, “coolness” e outros, “Averaging in the case of evaluating a subjective quality means choosing the lowest common denominator.

Como exemplo, ele fala de dois posts que ele colocou no mesmo blog, ambos sobre o mesmo assunto (Web semântica como uma forma de “Web 3.0”), mas com pontos de vista ligeiramente diferentes. Num deles, o Google seria o ator principal de uma espécie de GWorld. Resultado: 500 diggs. Na semana seguinte, substituiu o Google pela Wikipedia e o título: “Wikipedia 3.0: The End of Google“. 1600 diggs, 28k hits no WordPress.com (Se tornando o primeiro da lista) num único dia.

There is no comparison between the wisdom and rationality of an individual and that of a crowd. The individual is infinitely wiser and more rational than the crowd.

Agora my two cents. =)

De certa forma ele está certo de que o digg não traz as melhores notícias. Nem sei se esse era mesmo o propósito do digg, mas o que o digg faz melhor que outros sites de notícias é mostrar o que o público quer ver e não necessariamente o que ele precisa. Como ele próprio citou, a maioria dos usuários provavelmente “digga” apenas as matérias já na primeira página, e não sai procurando matérias com menos de 100 diggs que de certa forma “mereceriam” a primeira página.

Enfim, o modelo do digg, del.icio.us, reddit e outros nunca vai ser “perfeito” em todos os sentidos. O principal diferencial deles foi tirar o poder da mão de alguns editores e colocar nas mãos dos usuários, ainda que não completamente, já que podem haver meios de manipular a massa de usuários. Se isso melhorou ou não, depende do ponto de vista de cada um.


Um Comentário

  1. é um artigo interessante de ser lido. Existem alguns outros paus de digg como algumas replicações de notícias que ele não pega e etc. Entretanto, apesar dos paus ele é muito “useful” para o cara que lê a média, digamos, do que as pessoas que se interessam por tecnologia lêem. Existem fontes muito melhores e (mais seguras) que digg para certas coisas. Ele é só leitura complementar para mim.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s