Bossa Conference – Dia 1

Segunda, o dia começou com as boas vindas por parte da organização e da mesa formada pelos representantes do INdT e do Porto Digital. Antes da palestra, sentados ao meu lado esquerdo, Marcello Tosatti mostrava o XO (OLPC) a Rafael Peregrino (LinuxMagazine), e ao meu lado direito Dafydd Harries (Telepathy/libnice) e John Palmieri (D-Bus) usavam seus laptops…

Agora vamos às palestras.

LLVM – Chris Lattner: Chris começou mostrando como funcionam os processos de compilação e interpretação usados na maioria das linguagens atuais e como o LLVM pretende melhorar dividindo o “compilador” em vários pedaços pequenos que podem ser reusados de acordo com a aplicação necessária

Organic Interfaces – Zack Rusin: Interfaces o mais naturais/fluidas possíveis. Esse foi o ponto defendido por Zack, que aproveitou para mostrar alguns demos do Qt4 (Realmente aparenta estar muito mais evoluído tecnicamente que o GTK+…)

OpenEmbedded – Koen Kooi: Koen mostrou uma visão geral do OpenEmbedded, que facilita o desenvolvimento de distribuições para dispositivos embarcados permitindo a criação de várias “configurações” para vários dispositivos e automatizando a criação dos pacotes.

OpenC – Mika Rytkonen: O OpenC é uma iniciativa da Nokia que disponibiliza várias funções da biblioteca C POSIX e outras bibliotecas adicionais, incluindo a GLib, nos telefones S60 (antiga Serie60). Adeus C++….  😉

Libnice – Dafydd Harries: O principal assunto da palestra foi o problema de usar streaming em redes hostis (com pelo menos uma das pontas escondidas atrás de um NAT).

Anúncios

Bossa Conference

Bem, hoje foi o último dia de palestras da Bossa Conference. Foram 3 dias bem corridos (Carpina -> Recife -> Porto de Galinhas -> Recife -> Carpina), mas valeu a pena o sacrifício.

Até o fim de semana estarei postando uma série de resumos de cada dia.